Jump to content

Search the Community

Showing results for tags 'OTClient'.



More search options

  • Search By Tags

    Type tags separated by commas.
  • Search By Author

Content Type


Forums

  • A Cidade OTBR
    • OTServ Brasil
    • Atendimento
    • Taverna
  • OpenTibia
    • Notícias e Discussões
    • Suporte - Dúvidas, Bugs, Erros
    • Downloads
    • Tutoriais
    • Show-Off
    • Divulgação de Servidores
    • Projetos e Formações de Equipes
  • Outros
    • Design

Found 93 results

  1. [OTClient] Health Player Info OTPokemon Eae galerinha do OTServ Brasil, hoje venho trazer mais uma contribuição para a comunidade, um módulo indêntico ao do OtPokemon. Mesmo que seja simples a instalação, tem sempre aquele que não sabe onde deve colocar o módulo, peço então que tenha paciência quanto a esse simples tutorial, aos demais aqueles que já sabem, peço que ao menos leia a Observações do módulo. 1º Faça o download do módulo. 2º Extraia o módulo para a pasta do seu otClient em /modules ficando assim: Feito o passo 1 e 2 creio que já estará funcionando, isto se você fez tudo certinho. •Observações do módulo• Demonstrativo do módulo no jogo. Obs: Sei que a comunidade é mais voltada para o tibia, mas gostaria de fazer uma contribuição de derivados, afinal o módulo é independente de servidor, só fazer pequenas alterações para adaptar ao seu serv.
  2. OTClient [OTClient] Loot Stats

    Salve galera, tudo certo? Estou trazendo para vocês um module de loot stats, o que seria exatamente loot stats? - É um module criado para apresentar itens descartados do monstro morto (loot), além disso, o módulo pode mostrar o próprio loot descartado em uma forma gráfica. Todas as operações estão no lado do cliente, então eles precisam de arquivos adicionais, eles verificam as notificações de pilhagem e as salvam. Características - Informações sobre monstros mortos. - Loot de todos os monstros. - Loot de um tipo de monstro. - Informações de loot gráfico no canto superior esquerdo. Limitações - Módulo precisa trabalhar notificações de pilhagem. - Este módulo funciona apenas com notificações de saque "clássicas". - Você precisa ter items.otb e items.xml para trabalhar neste módulo. - Problemas com o carregamento mais longo do OTClient. Algumas imagens do module em funcionamento: Como adicionar o loot stats ao seu OTCliente? Simples siga este pequeno passo: - Adicione a pasta "loot_stats" à pasta "mods" ou "modules" na pasta principal do seu OTCliente. - Para a pasta "items_versions", adicione a pasta com o nome da versão (8.60 -> 860). - Dentro da pasta criada você deve adicionar os arquivos items.otb e items.xml. (Você pode encontrar estes arquivos na pasta itens do seu servidor) Download: [Hidden Content] Créditos: MagicWal, criador do module;
  3. OTClient [MOD] Game Store

    [MOD] Game Store Download de MOD Game Store para o OTClient. 1 - Vídeo Demonstrativo: [Hidden Content] 2 - Sources: [Hidden Content] 3 - Como testar: - Clone, compile e rode os repositórios abaixo: OTClient: [Hidden Content]/tree/3281723254796a8d6a08c47f8d57cf9712b06dea OTXServer Global: [Hidden Content] 4 - Bônus: - Como baixar as imagens da store: - Abra o Google Chrome e depois vá até [Hidden Content], depois: - Abra o console com Ctrl + Shift + J e cole o array com os nomes dos itens disponíveis neste gist no console e aperte Enter para executar. - Execute o código abaixo, irá fazer o download de todas as imagens para a sua pasta de Downloads. - Cole as imagens para o diretório /data/images/store/64 do seu OTClient. 5 - Créditos: metabobb
  4. OTClient Abrir sprites de otserver

    Oi pessoa, eu queria uma ajuda para abrir dois arquivos (um com extensão .spr, e outro .dat) eles fazem parte de um jogo com a base Tibia (tibia é um jogo RPG de computador) e as imagens do jogo (que fica no cliente dele, nesse caso) são armazenadas nesses arquivos. Em vários outros jogos do tipo é possível extrair essas sprites/imagens usando um programa simples, Object Builder. Só que pelo que eu imagino, esses arquivos neste cliente parece estar 'criptografado' ou de uma outra forma de se dizer que eu não consigo abri-lo normalmente, pois retorna erro de vários metodos que segui! Agradeço se me ajudarem [Hidden Content]
  5. OTClient Compilar OTClient - Debian

    Base: [Hidden Content] Qual a sua pergunta? Estou tentando compilar o OTClient no Debian, mas não consigo compilar ele, segui o tutorial do OTClient e não funcionou, então tentei achar a solução mas ela não funciona (physfs)... Segui esse bash tbm e não foi... [Hidden Content] Está dando erro no ultimo passo (make)
  6. OTClient OTClient - Login

    Estou com este erro ao fazer login no servidor: Alguem pode me ajudar?
  7. Eai, galera, blz! Hoje vim trazer um tutorial sobre Opcodes, sei que hoje em dia tem muitos tutorias falando sobre isso, porém é sempre bom dar uma atualizada, afinal um tutorial nunca será "igual" a o outro e quanto mais tutorias sobre o assunto, melhor o entendimento. Primeiro vamos conhecer o que é esse tal de Opcodes, uma breve explicação que vemos por ai. O que são Opcodes? R: Opcodes é a comunicação entre o cliente e o servidor. Na source do servidor muitos poderiam utilizar sockets, que são pacotes de informação, diretamente sem usar funcionalidades do jogo como meio de comunicação, já o Opcode utiliza-se recursos in-game para fazer essa comunicação. Vamos analisar o código do módulo acima? Vamos ver qual é a funcionalidade dessas funções e o que ela espera nos seus respectivos parâmetros. Vamos por etapa: 1 - ProtocolGame.registerExtendedOpcode(Opcode, function(protocol, opcode, buffer) end) Essa função tem a funcionalidade de registrar um Opcode, como vemos o nome já é autoexplicativo. Parâmetros: Opcodes É um numero(Identificador) qualquer que vai do 0 ao 255, no caso desse módulo foi utilizado o numero 110. Function: Esse segundo parâmetro é uma função que fica esperando uma resposta do servidor, vemos que o eperado é que servidor nos envie um buffer qualquer, neste caso esperamos que seja enviado o nome do player. 2 - ProtocolGame.unregisterExtendedOpcode(Opcode) Essa função tem a funcionalidade de desregistrar um Opcode, como vemos o nome já é autoexplicativo. Parâmetro: Opcode: É o mesmo numero(Identificador) que utilizamos para registrar, assim a propria função saberá qual Opcode deve ser desfeita, digamos assim. 3- g_game.getProtocolGame():sendExtendedOpcode(Opcode, '') Essa função tem o intuito de solicitar/executar uma ação no servidor, nesse caso do módulo de exemplo, essa ação fará com que o otClient solicite ao servidor uma responsta no qual foi designada a ser feito, me retornar o nome do player. Parâmetros: Opcode: É o mesmo numero(Identificador) que utilizamos para registrar. buffer: Dados que poderam ser enviados ao servidor. Exemplo: Enviar uma pos, e verificar se contem uma creatura, nesse exemplo não foi enviado nada. Também temos na parte do servidor e é algo simples que dê para entender. Essa função espera que o client solicite/execute uma ação para o servidor possa processar e se preciso retornar algo que é esperado. Parâmetros: cid: Cid identificar do player, não vem ao caso explicar com o maior detalhe. opcode: É o mesmo numero(Identificador) que utilizamos para registrar na parte do client, assim o servidor sabe qual ação deve ser executada. buffer: Dados que o client enviou para o servidor. Podemos analisar com calma essa função, obersevem cada detalhe que é utilizado podemos ver que se a opcode for a mesma opcode registrada no client que nesse caso é o 110, solicitamos ao servidor que nos envie o nome da creatura que executou a ação, atraves da função: doSendPlayerExtendedOpcode doSendPlayerExtendedOpcode(cid, Opcode, buffer) Essa função tem o intuito de enviar informações para o client, e ao executar essa função, podemos perceber que lá quando registramos o Opcode ProtocolGame.registerExtendedOpcode na parte do módulo, o segundo parâmetro é executado. Parâmetros: cid: Cid identificar do player, não vem ao caso explicar com o maior detalhe. opcode: É o mesmo numero(Identificador) que utilizamos para registrar na parte do client, assim o servidor sabe qual ação deve ser executada. buffer: Dados que o servidor envia para client, nesse caso foi enviado o nome da creatura. Então vamos reforçar o tutorial e vermos o que aprendemos, vamos-lá. 1º Vemos que para registrar um Opcode, utilizamos a função: ProtocolGame.registerExtendedOpcode(Opcodes, function(protocol, opcode, buffer) end) na maioria das vezes utilizamos dentro da função init. 2º Vemos que precisamos também desregistrar a Opcode, e utilizamos a função: ProtocolGame.unregisterExtendedOpcode(Opcodes), mais utilizado na função do módulo em terminate. 3º Vemos que podemos fazer com que o client solicite uma ação ao servidor utilizando a função: g_game.getProtocolGame():sendExtendedOpcode(Opcodes, Buffer). 4º Vemos também que na parte do servidor, a função: onExtendedOpcode(cid, opcode, buffer) espera que o client solicite/execute algo que possa ser processado e se preciso enviar alguma responsta esperada com a função: doSendPlayerExtendedOpcode(cid, Opcodes, Buffer) Bom, espero que dê para entender com o exemplo e uma breve explicação de cada função. Desculpem-me de qualquer erro, se falei algo errado ou se precisava dizer algo a mais; podem me chamar no privado que estarei lendo e aceitando qualquer tipo de sugestão ou alteração, afinal estamos todos aqui para aprender e o importante é que todos entendam como tudo funciona, aprendam e pratiquem. Download do módulo:
  8. OTClient Como usar opcode

    Antes de fazer a sua pergunta, tenha certeza de ter lido o guia abaixo: Descreva em algumas palavras a base utilizada. (Nome do servidor / Nome do cliente / Nome do Website / etc). The Forgotten Server 1.3, Versão: 10.98; (OTCLIENT)] Eu estou seguindo esse tutorial para tentar aprender como funciona a opcode: Eu estou tentando aprender como funciona o opcode porem nn to conseguindo registralo apenas para testar: Você tem o código disponível? Se tiver poste-o na caixa de código que está dentro do spoiler abaixo: Você tem alguma imagem que possa auxiliar no problema? Se sim, anexe-a dentro do spoiler abaixo:
  9. OTClient Extended Opcodes

    Extended Opcodes [Hidden Content] O que são? Extended opcodes, é um sistema que permite a adição de novos opcodes no protocolo de jogo usando apenas scripts em lua tanto no Servidor quanto no OTClient. Tornando assim mais fácil de implementar novas funcionalidades tanto no OTClient quanto no servidor. O que se pode fazer com eles? Com extended opcodes criam-se inúmeras formas de se personalizar o OTClient, com eles você pode pegar storage de um player, informações detalhadas, fazendo por exemplo point system, entre muitos outros, pois o OTClient sem opcode, não consegue utilizar essas funções, de pegar o storage do player, entre outras informações, então sua criatividade é o limite. Como instalar? (Obs: tutorial para versões 8.54 ou superior) Para isso será necessário que você tenha as sources do seu servidor e saiba compilá-lo, então caso não tenha a source ou não saiba opera-lá é melhor não seguir a diante, pois você pode acabar bugando toda sua source. Códigos: protocolgame.h -[Diff] protocolgame.h - Pastebin.com protocolgame.cpp -[Diff] protocolgame.cpp - Pastebin.com const.h -[Diff] const.h - Pastebin.com luascript.cpp -[Diff] luascript.cpp - Pastebin.com player.h -[Diff] player.h - Pastebin.com creatureevent.h -[Diff] creatureevent.h - Pastebin.com creatureevent.cpp -[Diff] creatureevent.cpp - Pastebin.com game.h -[Diff] game.h - Pastebin.com game.cpp -[Diff] game.cpp - Pastebin.com /creaturescripts/creaturescrips.xml -[Diff] creaturescripts.xml - Pastebin.com /creaturescripts/extendedopcode.lua -[Lua] extendedopcode.lua - Pastebin.com Ou baixe um pach dos arquivos aqui: [Hidden Content] Créditos: Benny Edubart
  10. [Windows][Codeblocks] Compilando Sources OTClient Tutorial explicando como compilar as Sources do OTClient com o Codeblocks. 1 - Downloads Necessários: - CMake: (32-bit download, 64-bit download) - Codeblocks: [Hidden Content] - MingW: [Hidden Content] - OTClient Sources: [Hidden Content] 1.1 - Download Não Necessário: - Libs OTClient para MingW32: [Hidden Content] Obs: Libs OTClient já estão incluídas com o MingW! - Link de download no tópico apenas para conhecimento sobre as libs utilizadas. 2 - Instalação: - Faça a instalação do CMake (C:\Program Files\CMake). - Faça a instalação do Codeblocks (C:\Program Files (x86)\CodeBlocks). - Descompacte o MingW na unidade C:\. - Após descompactar o MingW, deverá ficar assim C:\MingW. Exemplo: - Descompacte as sources do OTClient na unidade C:\. Exemplo: C:\otclient-master. - Dentro da pasta C:\otclient-master, crie uma pasta chamada otclient-cmake. - A pasta otclient-cmake será utilizada para a criação do projeto do OTClient no CMake. 2.1 - Diretório Path: - Utilize a Tecla do logotipo do Windows + Pause para acessar as Propriedades do Sistema. - Acesse Configurações avançadas do sistema. - Na aba Avançado, clique em Variáveis de Ambiente. - Em variáveis de usuário, edite a váriavel Path e adicione o caminho abaixo: ;C:\Program Files\CMake\bin;C:\MinGW\bin;C:\MinGW\lib;C:\MinGW\include; Obs: Copie o caminho como está acima com ; na frente. 3 - CMake: - Encontre e abra o cmake-gui.exe em C:\Program Files\CMake\bin. Para facilitar a utilização, envie um atalho para a Área de Trabalho. - Antes de utilizar o CMake, acesse no menu Options > Warning Messages... > Supress Warnings > Marque as opções Developer Warnings e Deprecated Warnings. - Como configurar o projeto do OTClient no CMake: - Escolha o diretório das sources do OTClient. - Escolha o diretório que vai ser salvo o projeto do OTClient no CMake. - Clique no botão Configure escolha a opção Codeblocks - MingW Makefiles para ser o gerador do projeto. Ficando assim: - Espere ele gerar o projeto. - Feito isso, você deve configurar o CMake para compilar o OTClient (modo Release | OpenGL ou Directx9) - Isso deve ser feito uma vez para OpenGL e depois para Directx9. - OTClient CMake com modo Release e OpenGL: - CMAKE_BUILD_TYPE - Release + OPENGLES - OFF - OTClient CMake com modo Release e Directx9: - CMAKE_BUILD_TYPE - Release + OPENGLES - 2.0 - Feito isso, com a opção escolhida (Release + OpenGL ou Release + Directx9), clique no botão Generate. - O projeto otclient.cbp será salvo dentro da pasta C:\otclient-master\otclient-cmake. - OTClient pronto para ser compilado. 4 - Codeblocks: - Abra o Codeblocks. - Antes de abrir o projeto do OTClient, no menu selecione Settings > Compiler > Toolchain executables, verifique as configurações e deixe assim: - Diretório do Compilador: C:\MingW - Compilador C: gcc.exe - Compilador C++: g++.exe - Bibliotecas Dinâmicas: g++.exe - Bibliotecas Estáticas: ar.exe - Debugger: GDB/CDB debugger : Default - Compilador de Recursos: windres.exe - Programa make: mingw32-make.exe Imagem: - Depois, abra o projeto do OTClient com o comando Ctrl + O e abra o arquivo otclient.cbp: - Feito isso, para compilar o OTClient clique na opção Build: - O resultado final deverá ser esse: - OTClient compilado no Codeblocks com sucesso! - Como utilizar o OTClient: - Copie o otclient.exe da pasta otclient-cmake e cole na pasta otclient-master. - Copie as DLLs libwinpthread-1.dll, libEGL.dll e libGLESv2.dll da pasta C:\MingW\bin e cole na pasta otclient-master. - Copie o Tibia.spr e Tibia.dat da versão desejada em data/things/versão (no lugar de versão crie a pasta com o número, exemplos: 760, 860, 1098, etc). - Abra o otclient.exe. 5 - Créditos: Edubart (Sources OTClient) Majesty (Downloads Mediafire + Tutorial CMake e Codeblocks)
  11. OTClient Bug borders

    Olá, boa noite. Eu tenho um OT server 7.4 e nele eu tenho 2 clients, um normal e outro o OTclient, mas quando estou usando o OTclient as bordas do mapa ficam bugadas alguém sabe o que é isso? obrigado.. sim, eu botei meus spr e dat no otclient, são os mesmos usados nos 2
  12. OTClient Client OT Exclusivo

    Boa noite, eu estou desenvolvendo um servidor 7.4 e nesse servidor eu tenho 2 clients, um client que é possível injetar o blackd BOT e outro client anti bot que não é possível injetar, eu preciso colocar o client anti bot como exclusivo para login no servidor. Pelo que eu andei pesquisando é possível fazer mudando a chave RSA do servidor e aplicando no client, mas não encontrei mais nada a respeito. O que eu entendi é que pelas chaves RSA do servidor é gerado uma chave de acesso para o client mas não consegui encontrar nenhum lugar para gerar chaves que o servidor aceita. Ou se existir outra forma de fazer, me ajudem. Obrigado
  13. Bom dia a todos. Estou aqui para falar e fazer um pedido para todos vocês ! Sei que muitas pessoas assim como eu querem criar um Servidor de Poketibia, tanto para diversão quanto para tentar manter o projeto. Então gostaria de pedir carecidamente a todos vocês que tem esse desejo, que por favor, antes mesmo de ler este tópico coloquem de lado suas ganancias e parem de pensar apenas em si mesmo e no dinheiro. Pois um grupo unido que tenta resolver e criar novas soluções juntos, desenvolvem ideias e soluções melhores, alem de terem um desemprenho melhor quando precisam de ajuda com algo! A alguns dia eu vi um projeto chamado Ruby Server "Pokemon" de versão 10.99 Porem como é uma versão de Server com e TFS que raramente alguém do pokemon está acostumado a usar. percebi que o projeto anda um pouco parado. E resolvi fazer para você um projeto parecido porem para ( Versão 8.54 // TFS : 0.3.3 ou 0.4 ) que todos estão mais acostumados e possui um suporte melhor para "Edição" em geral. Uma base bastante utilizada para bons Servidores é DxP, porem é muito raro vocês verem publicações com suas Source's (Cliente + Server) ainda mais "Funcionais". Pois sempre colocam com arquivos danificados ou faltando, alem de bugs dentro do servidor. ======================================================================================================================== Estou montando um projeto que se iniciou com a base DxP e foi realizado varias alterações ate chegar aqui. The Forgotten Server TFS 0.3.3 Versão : 8.54 E quem tiver interesse em ter esse projeto em mãos, peço sua ajuda! Logo mais irei publicar um Tópico no fórum com todos os arquivos e tutoriais para vocês. ==== Atualmente ==== 1º - Source funcionando e compatível com o servidor; 2º - Praticamente todos os bugs e traps retirados; 3º - Cliente com um novo Tibia.Otb / outf / Sprit/ (Muitas novas Sprits de pokemons, itens // novas Outfits, animações de Skill.); 4º - Interface do cliente um pouco alterada, é pouca coisa; 5º - Autoloot funcional; (não existe mais bug de clonagem no itens) 6º - Bugs que faziam o servidor dar Crash retirados (Todos que eu conhecia e pesquisei) Entre muitas outras coisas... (O tópico já esta grande então vão vou enrolar escrevendo tudo !) ==== Falta === 1º - Uma Source compartível para compilar o Cliente. (Praticamente a unica coisa que realmente falta neste projeto ); 2º - Novas Outfits de interação com o jogo (Ja existem as principais como : Colheira, Minerar, Cortar) porem gostaria de add a este projeto algumas a mais, como ex: (Sentar no chão, sentar em cadeiras) e muitas outras, depende da criatividade de vocês; 3º - Site compatível já existente (mais falta correções de bugs nele) 4º - A criação e correção dos Itens em "Itens.xml" (ao qual já estou fazendo) Oque preciso de vocês !? 1° - Que encontrem uma Source compatível e funcionando para compilar o "OtCliente" utilizado no Dxp v.3 2º - Designer para criação de Outfit e novas janelas como (Pokedex, Shop, AutoLoot e Sistema de Crack.) Sim o server está um com sistema de Craft! um pouco simples mais tem. 3º - O server tem mapa. Mas é bom a criação de um novo mapa, então precisamos de pessoas para criar o mapa. 4º - Scripter para desenvolver, melhorar e também criar novas ideias. Com o 1º item ja consigo fazer as ultimas alterações e publico um tópico bem organizado, com RME e ObBuilder atualizados e com vários tutorias bons e importantes. ======================================================================================================================== Discord para o projeto: --Irei atualizar aqui-- Imagens: -- Irei publicar de noite, tenho que sair correndo para a empresa, kkkkk -- Qualquer duvida perguntem... Criticas ? (Cara to fazendo um projeto legal para todas as pessoas que gostam do jogo. Para terem mais facilidade e algo realmente bom ou melhor) Se quer falar mal ou reclamar de algo, porque também não traz uma solução !?
  14. OTClient [OTClient] Shiny Name

    Salve galera, tudo certo? Estou trazendo uma modificação muito bacana para o seu OTClient, o que consiste essa modificação? Ela adiciona um nome encima do nome, explicação meio bosta né? Então tomem uma imagem da mesma: Como adicionar essa delicia de modificação? Simples, basta seguir as instruções que irei deixar abaixo! OBS: É necessário ter as sources do seu cliente! Procure essa parte em creature.cpp: if(drawFlags & Otc::DrawNames) { if(g_painter->getColor() != fillColor) g_painter->setColor(fillColor); m_nameCache.draw(textRect); } E troque por: if (drawFlags & Otc::DrawNames) { if (g_painter->getColor() != fillColor) g_painter->setColor(fillColor); CachedText shiny; shiny.setText("Shiny"); shiny.setFont(g_fonts.getFont("verdana-11px-rounded")); Rect shinyrect = Rect(point.x - shiny.getTextSize().width() / 2.0, point.y - 26, shiny.getTextSize()); if (m_name.find("Shiny") != std::string::npos) { char* shinys = "Shiny"; std::string nname = m_name; nname.erase(0, 5); m_nameCache.setText(nname); m_nameCache.draw(textRect); g_painter->setOpacity(0.5); g_painter->setColor(Color(255, 255, 0)); shiny.draw(shinyrect); g_painter->resetColor(); g_painter->resetOpacity(); m_nameCache.setText(m_name); } else { m_nameCache.draw(textRect); } } E pronto, apenas compile com essa modificações! Créditos: Refe, pela criação do código;
  15. Olá, alguém sabe dizer por que quando eu compilo meu OTClient (usando codeblocks) ele gera um .exe de +/- 100 mbs, sendo que eu uso um compilado igual que pesa +/- 5mbs, os dois funcionam iguais, mas o tamanho é absurdamente diferente, sabe como posso compilar para não ficar tão grande assim? segui o tutorial do proprio OTClient para compilar usando o codeblocks. Desde já agradeço.
  16. OTClient Erro ao compilar OtCliente

    Boa noite, fui tentar fazer a compilação de um Ot Cliente. Poderem deu este erro durante a o processo. Alguém poderia me ajudar com isso ? Com versão 0.6.6 ou 0.6.3 // Para 8.54
  17. Scripting Scripts RemovedAddons

    Antes de fazer a sua pergunta, tenha certeza de ter lido o guia abaixo: [Hidden Content] Descreva em algumas palavras a base utilizada. (Nome do servidor / Nome do cliente / Nome do Website / etc). Ex: executavel PO Dash World 1.0 Base: Base PokexGeneration Pda. Qual a sua pergunta? queria ajuda em um scripts que eu estou tentado fazer de remover addons do pokemon mais não estou conseguindo preciso de ajuda comecei uns dias a estudar scripts então não entendo muito sobre o assunto esta dando um erro se alguém puder ajuda agradeço. Você tem o código disponível? Se tiver poste-o na caixa de código que está dentro do spoiler abaixo: Você tem alguma imagem que possa auxiliar no problema? Se sim, anexe-a dentro do spoiler abaixo:
  18. [Windows][VC2017] Compilando Sources OTClient + VCPKG Tutorial explicando como compilar as Sources do OTClient + VCPKG com o Visual Studio 2017. 1 - Downloads Necessários - Visual Studio 2017 Community: [Hidden Content] - Microsoft Visual C++ 2017 Redistributable: (32-bit download, 64-bit download) - Git: [Hidden Content] 2 - Visual Studio 2017 - Na tela inicial do Visual Studio, no produto Visual Studio Community 2017 clique no botão Instalar. - Na próxima tela, selecione Desenvolvimento para Desktop com C++. - Na mesma tela em Resumo, selecione: - Depurador Just-In-Time; - Conjunto de ferramentas VC++ 2017 versão 15.9 v14.16 ferramentas v141 [x86 e x64]; - Ferramentas de criação do perfil do C++; - SDK do Windows 10 (10.0.17763.0); - Ferramentas do Visual C++ para CMake; - Visual C++ ATL para x86 e x64; - SDK do Windows 10 (10.0.17134.0) para Desktop [x86 e x64]; - SDK do Windows 10 (10.0.16299.0) para Desktop [x86 e x64]; - Conjunto de Ferramentas do VC++ 2015.3 v140 (x86, x64). - Componentes Individuais: - SDK do CRT Universal do Windows; - SDK do Windows 8.1; - Pacotes de Idiomas (Inglês). 3 - Instale os softwares necessários - Instale o Git sem alterar nenhuma opção. - Para fazer a instalação completa do VCPKG, execute os comandos abaixo no Git Bash ou Windows Powershell. Git Bash: Windows Powershell: 4 - Sources OTClient - Faça o download das sources do OTClient com o comando abaixo no Git Bash ou Windows Powershell. 5 - Instalação das bibliotecas VCPKG - Escolha um dos conjuntos de bibliotecas abaixo de acordo com o seu sistema operacional. - Execute o comando com o Git Bash ou Windows Powershell. - Para compilação em 32-bit: ./vcpkg install boost-iostreams:x86-windows boost-asio:x86-windows boost-system:x86-windows boost-variant:x86-windows boost-lockfree:x86-windows luajit:x86-windows glew:x86-windows boost-filesystem:x86-windows boost-uuid:x86-windows physfs:x86-windows openal-soft:x86-windows libogg:x86-windows libvorbis:x86-windows zlib:x86-windows opengl:x86-windows - Para compilação em 64-bit: ./vcpkg install boost-iostreams:x64-windows boost-asio:x64-windows boost-system:x64-windows boost-variant:x64-windows boost-lockfree:x64-windows luajit:x64-windows glew:x64-windows boost-filesystem:x64-windows boost-uuid:x64-windows physfs:x64-windows openal-soft:x64-windows libogg:x64-windows libvorbis:x64-windows zlib:x64-windows opengl:x64-windows 6 - Compilando as Sources do OTClient - Abra o arquivo src/framework/luaengine/lbitlib.cpp e altere #include <lua.h>, #include <lauxlib.h> e #include <lualib.h> para #include <luajit/lua.h>, #include <luajit/lauxlib.h> e #include <luajit/lualib.h>. - Abra o arquivo src/framework/luaengine/luainterface.cpp e altere #include <lua.hpp> para #include <luajit/lua.hpp>. - Encontre o diretório vc14 do OTClient (C:\Usuários\SeuUsuário\vcpkg\otclient\vc14) e abra o arquivo otclient.vcxproj. Isso irá abrir o Visual Studio e você estará apto a compilar as sources. - No Visual Studio, escolha a opção Release e a solução "Win32" ou "x64". - Para compilar as sources, clica em Build no menu e depois em Build Solution. - As sources serão compiladas com sucesso. 7 - Abrindo o OTClient Para compilação em 32-bit: - Após a compilação, as DLL's e o executável são copiados automaticamente para a pasta raiz do OTClient. - OTClient será aberto com sucesso! Para compilação em 64-bit: - Após a compilação, as DLL's e o executável são copiados automaticamente para a pasta raiz do OTClient. - OTClient será aberto com sucesso! 8 - Créditos Desenvolvedores OTClient: [Hidden Content] Majesty (Tradução + Tutorial de compilação do OTClient no VS2017 )) Microsoft - VCPKG: [Hidden Content]
  19. VERSÃO: TFS 1.2 10.90 Eu criei um module que é uma janela e quero ao eu apertar esse botão ela feche alguém pode ajudar?
  20. OTClient [MOD] Monster Maker

    [MOD] Monster Maker Download de MOD para criação de monstros com o OTClient para o The Forgotten Server 1.3 1 - Imagens 2 - Características - Criador de monstro fácil de usar com interface de interface do usuário, incluindo: - Definir informação geral do monstro - Definir bandeiras de monstros - Definir script de monstro - Definir ataques de monstros - Definir defesas de monstros - Conjunto de elementos de monstro - Definir imunidades de monstros - Definir invocação de monstros - Definir vozes de monstros - Definir loot de monstros - Pré-visualização de equipamento de monstro rápido - Gere arquivos XML monstruosos - Gerar link para monsters.xml - Carregar dados de monstros de arquivos XML (analisar arquivo de monstro XML) 2.1 - Limitações - Problema com algum id de equipamento que causa falha no cliente. - Esta versão pode não funcionar 100% corretamente. - Pode não suportar todos os recursos de monstros. 2.2 - DICA IMPORTANTE - Comece a criar seu monstro pelo outfit ou salve seu trabalho antes de trocar o outfit. - Por quê? - Porque em alguns clientes pode ocorrer crash com os ids de outfits e você pode perder todo o seu trabalho. Erro: 3 - Download: [Hidden Content] 4 - Créditos: MagicWall (OTLand): [Hidden Content] Moj mistrz (OTLand): [Hidden Content]
  21. Ola galera, estou com um probleminha, estou criando um servidor de tibia alternativo (wodbo) e nao estou conseguindo encontrar em lugar nenhum uma forma de resolver. Explicando a situação: Eu ja estou com o site criado e tudo mais, crio a conta, porem quando vou entrar nao consigo logar. Analisando encontrei o seguinte, na criação da conta o password no banco de dados fica criptografado, porem no cliente ele nao lê criptografado, fiz os testes e tudo para chegar nisso. Obs: Ja fiz alterações no lua colocando os comandos (passwordType = "sha1") e (encryptionType = "sha1") mas mesmo assim ele nao le. Se alguem puder ajudar, agradeço. Valeww
  22. Fala galera linda do meu coração tudo certo? Então estou com um seguinte problema é um modulo de inventario voltado a poketibia, consegui adaptar parte dele ao meu servidor porem a barra de life do pokémon estou tendo alguns problemas e não consigo fazer ela funcionar: O código do inventario: O código do goback caso precise, não sei:
  23. OTClient [OTC] Como remover skillbar?

    Me surgiu uma dúvida, e queria postá-la aqui para quem sabe alguém possa solucioná-la: Estava pensando em remover ou modificar as skillbars no OTC, e queria saber como se faz isso. Caso alguém saiba, teria como me explicar?
  24. OTClient Cliente

    Galera Eu queria ajuda de vocês, existe um botão que altera o modo de imagem do cliente, ( CTRL+.) este botão existe no cliente de otp e de uns ai so que não estou sabendo pegar. Ele serve para remover a borda e salvar a forma que você quer. Eu queria remover 100% das bordas mas sempre que tento fica uma bordinha em cima ou dos lados. !
  25. MANUAL DO REMERE'S MAP EDITOR SUMÁRIO - 01 Introdução, Menu "File" e configurações iniciais. (Você está aqui!) - 02 Menu "Edit", "Map", "View", "Floor" e "Window". (Ir para o tópico) - 03 Ferramentas, Extensões e Live Mapping (Em construção) INTRODUÇÃO AO REMERE'S MAP EDITOR Criado por Hampus Joakim Nilsson, em 2007, o RME (escrito em C++) surgiu pela necessidade de um editor que rodasse em outro sistema operacional além do Windows e pela frustração de Remere por não poder rodar o único map editor existente na época em 64 bits. O programa utilizava inicialmente um processador de software através do wxWidgets, o que não foi bom devido à dificuldades com velocidade de carregamento. Mais tarde, passou a utilizar OpenGL, e então surgiram novas ferramentas que destacaram o editor, como as poderosas ferramentas de seleção. Depois disso veio a automatização de várias outras funcionalidades, uma delas é o conhecido auto-magic (ou auto-border, como costumamos dizer). A última versão oficial atualizada é a 2.2, suportando até o protocolo 9.60. Mas por ser um programa Open Source e não tão complexo, outras versões superiores foram sendo atualizadas pela comunidade. Essas novas versões tiveram como objetivo acompanhar os protocolos mais recentes e trouxeram algumas funcionalidades extras, como por exemplo o Mapping Live que possibilita a criação de um mapa em conjunto. OUTROS EDITORES CONHECIDOS SimOne Map Editor; Forgotten Map Editor (módulo do OTClient e que depende do OTC para funcionar. O editor parou de ser atualizado em 2014.). SABENDO UTILIZAR O MAP EDITOR POSSO CRIAR MAPAS MELHORES? O RME possui uma ferramenta chamada Auto-Magic, ou Auto-Border. São paletas categorizadas que permitem que você mapeie como se estivesse pincelando um quadro. Alguns itens que precisam ser montados são postos diretamente no mapa com um click, as bordas surgem automaticamente ao preencher um piso, além disso há atalhos para ferramentas do editor com funcionalidades de busca e edição. No geral, é possível construir um bom mapa utilizando auto-border, isso por que existem diversos estilos de mapeamento: alguns estilos priorizam a menor quantidade de informação visual, o que resulta em um mapa limpo e simples, enquanto outros estilos trazem mapas modulados e com muita ou pouca sobreposição. (quando você estiver editando com o auto-border ativado, ao mover um item em cima de outro, vários itens ao redor deste serão alterados, e essa parte do mapa se transforma em um bug. Mappers experientes utilizam a tecla de atalho A para ativar ou desativar o auto-border, possibilitando usufruir das ferramentas de facilidade do editor combinando à um estilo próprio). Pode levar tempo para alcançar um resultado positivo, as vezes você pode acabar se frustrando por causa de bugs do editor (alguns podem corromper o mapa), o tempo gasto procurando itens nas paletas, uma indecisão ou até mesmo falta de inspiração. Mas se houver paciência e muita prática, se vasculhar todas as paletas e procurar memorizar e conhecer a localidade dos itens, observar lugares e paisagens, imaginar possibilidades, treinar ideias com potencial e aplicar a grandes continentes, no mapping tudo é possível. Vou deixar umas dicas que você deve levar em consideração antes de começar. Procure optar por versões mais recentes do programa, elas possuem algumas opções mais completas como o Live, Sprites movimentando-se, placas/textos sinalizados, transparência e suporte para protocolos atuais. Não use map editor de instalador, tenha versões desktop (para lidar com configurações diferentes, muitas vezes é necessário ter mais de um editor em seu PC, alguns mapas precisam ser abertos pela ferramenta import então abrir o mapa clicando diretamente no arquivo passa a ser um problema). Tenha conhecimento das limitações do seu computador ou então você pode se deparar com um editor lerdo e quase impossível de lidar. Ainda antes de mapear, faça um backup. Se o mapa estiver sendo feito do 0, quando sentir que mapeou boa parte, salve e realize o backup logo em seguida (de preferência em outra pasta). Enquanto estiver mapeando, salve seu mapa a cada X minutos, eu já me acostumei após perder muitos mapas, por erros ou até mesmo queda de energia.. Crie sempre backup de tudo que for modificar na pasta Data, um errinho qualquer nos arquivos modificados e o editor não abrirá corretamente. MENU FILE Se esta é a primeira vez que você abre o seu editor, comece explorando a opção preferences, pois é nela que você dita o protocolo que irá trabalhar e a localidade dos arquivos necessários para carregá-lo (no caso, a pasta do seu tibia ou derivado) New - Ao clicar nessa opção, o editor usará a configuração Default Version de preferences/client version para iniciar um novo mapa. Se não estiver configurado o editor pedirá que você selecione o diretório correto. Open- Use para abrir um mapa. O editor pode pedir que você selecione a pasta daquela versão. Save- Esta opção guardará seu mapa no local escolhido. Se você estiver com o mapa salvo e aberto no editor, caso houver uma queda de energia repentina o mapa poderá corromper. Save as - Use esta opção para salvar seu mapa sem alterar o original. Use essa opção para fazer backups do seu mapa. Close - Fechará o mapa. Não se esqueça de salvar. IMPORT - É uma ferramenta que pode ser utilizada em diferentes situações. O Import Map, funciona apenas com um mapa já aberto em branco ou com edições. É possível mesclar mapas da mesma versão ou abrir mapas que não estão abrindo pela opção Open devido à problemas de compatibilidade. Com o Import Map pode escolher a posição do mapa em que será importado, além de opções para importação de houses e spawns. E o Import Monsters/NPC possibilita a adição de criaturas e NPCs customizados. IMPORTANDO MAPAS < • > Map file: Com o mapa A aberto, vá em Browse e selecione o mapa B para mesclar. É possível importar mapas de versões diferentes, mas como o itens.otb de cada uma varia, é muito fácil ocorrer bugs desastrosos. Import offset: Determine aqui a posição em que o novo mapa ficará no mapa receptor. House & Spawn import behaviour: Permite alterar como os arquivos house e spawns serão importados. IMPORT OFSET: A ferramenta de import do Remere's Map Editor (file -> import -> import map) vai posicionar as partes do mapa na posição em que elas estavam + os valores X e Y de offset. Se você importar um mapa que está na posição x1000, y2000 e atribuir em offset os valores x3000,y3000 - o mapa será adicionado em x4000,y5000. Você também pode usar valores negativos (x-3000,y-3000) em Offset para mudar a direção de X e Y. Para verificar ou alterar as dimensões do seu mapa use Map - Properties (ctrl + p). VOLTANDO AO MENU: Export- Utilizado para exportar minimaps. A imagem será exportada no formato .bmp, é possível exportar apenas o terreo, um andar específico ou todos os andares. Basta selecionar a pasta onde será salvo. Reload - Isto irá reiniciar todas as configurações do map editor, pode ser utilizada ao acrescentar uma extensão na pasta ou editar um novo item/sprite do cliente em execução. Recent Files - Um atalho para mapas que foram abertos recentemente. Preferences- Este menu trás várias opções sobre a performance do editor, incluindo protocolos, opções gráficas, e outros. MENU PREFERENCES - GENERAL Always make map backup: Cria um backup automático para restauração, recomendo fazer seu próprio backup. Create map on startup: Essa opção vai fazer com que automaticamente o editor carregue uma versão e crie um novo mapa ao abrir o editor. Ou você pode configurar para abrir sem carregar nada, o que é recomendado quando se trabalha com diferentes protocolos. Check for updates on startup: Updates no editor são raros. Open all maps in the same instance: Abre vários mapas selecionados mesmo que sejam de versões diferentes. Undo queue size: (PAR): Memória ram do seu PC, é recomendado por a metade dela aqui para não travar tanto o editor. Undo maximum memory size (MB): Tamanho máximo de memória que o RME poderá utilizar, aumente para metade da memória ram de seu pc (caso queira coloque mais). Worker Threads: Número de núcleos de processador que o RME pode utilizar, nessa parte depende se seu processador, caso seu pc só tenha um núcleo deixe apenas um caso tenha 2, deixe 2 e se for maior que isso deixe o tanto que você preferir. Replace Count: Quantidade de itens que você pode substituir no mapa utilizando a ferramenta de substituição (Ctrl + Shift + F). MENU PREFERENCES - EDITOR Group same-type actions: Vai agrupar ações do mesmo tipo (desenho, seleção, etc...)) quando várias ocorrerem em ordem consecutiva. (PAR). Warn for duplicate IDs: Avisará se tiver IDs duplicados no mapa. House brush removes items: Se ativado, o brush de houses vai remover itens que apareceriam toda vez que o mapa iniciasse no server. Auto-assign door ids: Isso irá atribuir automaticamente IDs de porta únicas para todas as portas colocadas com o brush de portas (ou portas feitas com house brush). Não afeta as portas colocadas usando a paleta RAW. Doodad brush only erases same: Doodad brush vai apenas apagar itens que pertencem a brush atual. Eraser leaves unique items: A ferramenta eraser (borracha) vai ignorar containers com itens dentro, assim como itens com action/unique ids. Auto create spawn when placing creature: Se marcado, não vai precisar por o spawn manualmente, quando colocar a criatura o spawn vai ser posto automaticamente. Prevent toporder conflict: Se marcada, você não pode por vários itens com a mesma toporder em um tile usando o raw brush. Use merge move: Itens movidos não vão substituir os mesmos itens já inseridos. Use merge paste: Itens colados não vão substituir os mesmos itens já inseridos. MENU PREFERENCES - GRAPHICS Hide items when zoomed out: Vai esconder alguns itens quando der zoom para longe. Use icon selection shadow: Vai por uma “sombra” no item selecionado na paleta, pra facilitar a visualização. Use memcached sprites: Quando marcado, as sprites serão carregadas na memória logo na abertura do mapa e descompactadas no tempo de execução. Isso é mais rápido, mas consome mais memória. Se não for marcado, o editor usará menos memória, mas haverá uma diminuição do desempenho devido à leitura de sprites a partir do disco. Icon background color: Isso muda a cor do background dos icones em todas as janelas. Exemplo: Cursor color: Muda a cor do quadradinho transparente que acompanha o mouse. Secondary cursor color: Este muda a cor do cursor secundário, para houses e flags. Screenshot directory: Diretório onde será salvo as prints. Screenshot format: Formato das imagens (para tirar print aperte f11) MENU PREFERENCES - INTERFACE Terrain, doodad, item e raw palette style: Define se a paleta será com ícones grandes, pequenos ou listados: PALETTE STYLE Switch mouse buttons: Troca o direito e esquerdo do mouse conforme sua preferência. Double click for properties: Dando clique duplo vai abrir as propriedades do item. Used inversed scroll: Quando marcado, arrastar o mapa usando o botão central do mouse será invertido (comportamento RTS padrão). Scroll e zoom speed: Muda a velocidade do zoom e do scroll. MENU PREFERENCES - CLIENT VERSION Client Version - Através dessas opções o RME vai localizar cliente a ser utilizado no mapa, assim ele vai poder identificar o Tibia.spr e Tibia.dat que são arquivos necessários para abrir um novo mapa ou editar um existente. Por exemplo, se você estiver tentando abrir um mapa de poketibia usando um client do Tibia Global, vai dar erro porque poketibia tem itens configurados de formas diferentes, além disso o editor também vai checar o Itens.otb (que contém informações funcionais de cada item). Antes de tudo, o items.otb do diretório REMERESMAPEDITOR/DATA/VERSÃO deve ser o mesmo do seu servidor (SERVER/DATA/ITEMS). Default client version é a versão que você quer utilizar, selecione-a e toda vez que abrir um novo mapa essa versão será carregada. Version Search Path é o local do seu cliente. Check file signatures desmarcada não vai pedir para confirmar o diretório do client novamente ao abrir um mapa. Exit - Fecha o editor. Créditos: Nolis Hampus (remeres) Comunidade Otbr
×